Roberto Henrique Fernandes De Oliveira

Descrição:

Bacharel e Mestre em Canto pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, nas classes de Teresa Peixoto e Semita Weiman. Doutor pelo programa Societat i Cultura: Història i Teoria de les Arts pela Universidade de Barcelona (Espanha) com a tese "El Apoyo Vocal en el Canto Lírico Solista: Aspectos Históricos, Definición, Dilemas, Esclarecimientos y Redefinición del Término. Un Estudio Asociado a la Interpretación y a su Adquisición" com a orientação do Dr. Xosé Aviñoa. Possui ainda os títulos de Licenciado em Música-Canto pela Faculdade de Educação da UFRJ e Licenciado em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia Santa Dorotéia de Nova Friburgo (RJ). Deteve a segunda colocação no concurso de Canto Lorenzo Fernandez promovido pelo Conservatório Brasileiro de Musica, edição de 1984, como também a Medalha de Prata da Escola de Música da UFRJ no ano de 1991. Seu aperfeiçoamento realizou-se através de cursos de extensão e master-classes com Lylia Rey (repertório operístico italiano); Erika Margraf (interpretação do Lied); Leda Coelho de Freitas (técnica vocal); Monique Zanetti (expressão e técnica do canto barroco); Alexandre Trik (interpretação da canção de câmara brasileira) e Francesc Lázaro (cultura vocal lírica). Participou como aluno-ouvinte das master-classes de Diana Bertini (Itália); Marcos Thadeu (Brasil-EUA); Ignácio de Nonno (Brasil); Marília Siegl (Brasil), Alba Tonelli (Uruguai-Alemanha) e Kismara Pessatti (Brasil-Alemanha). Foi solista barítono nas produções fonográficas dos oratórios Memento Mori (1988) de Harry Crowl Jr. e Via Sacra (2000) de Frederico Richter. Paralelamente à sua atividade docente em escolas e conservatórios do Rio de Janeiro, participou do projeto Ópera Brasil junto à Orquestra Sinfônica Brasileira sob a regência dos maestros Isaac Karabchevsky, Eugene Kohn e Silvio Barbato, e tendo solistas convidados nomes como: Plácido Domingo, Aprile Millo, Justino Diaz, Fiorenza Cossoto e outras personalidades da cena lírica internacional e nacional. Concertos e montagens realizados nos Teatros Municipais do Rio de Janeiro e de São Paulo, bem como na reinauguração do Theatro Amazonas, em Manaus. É professor de Canto; Técnica Vocal; Estúdio de Ópera; História, Literatura e Pedagogia do Canto do Departamento de Música da Universidade Federal de Santa Maria (RS).

Departamento:

Lattes:

Data da última alteração no lattes: 31/08/2020 12:08

Nome em citações:

OLIVEIRA, R. H. F.

Coautores:

    Não informado